Descubra o Índice Solarimétrico do local do seu projeto

Índice Solarimétrico do local

índice solarimétrico Brasil
índice solarimétrico Brasil

 

Primeiro Passo: Localidade

É possível conhecer o Índice solarimétrico do local do seu projeto sem sair de sua casa!

Para saber o índice solarimétrico deve acessar o site do google mapas em:

https://www.google.com.br/maps

Com o botão direito do mouse, clique na localidade e selecione “O que há aqui”.

No canto superior de sua tela irá aparecer as coordenadas geográficas.

Segundo Passo: Com suas coordenadas geográficas em mãos acesse o site da Cresesb:

http://www.cresesb.cepel.br/sundata/index.php#sundata

Fique tranquilo, copie e cole a latitude e longitude na maneira que aparece no google, inclusive com o sinal negativo (-). O próprio sistema irá realizar a correção do sinal.

Site Cresesb Indice Solarimetrico

 

Clique em Buscar

O resultado da pesquisa lhe fornecerá as informações sobre o local informado.

Terceiro Passo: Interpretação dos resultado primários

A primeira parte dos resultados lhe mostrará o Índice solarimétrico das 3 localidades mais próximas ao local informado.

Resultados Solarimétricos Cresesb

 

Interpretação dos resultados solarimétricos:

O índice solarimétrico da CRESESB é representado pela grandeza kWh/m².dia, ou seja será a quantidade de watts que incidem em uma área de 1 metro quadrado durante um dia. Este resultado representa uma estimativa média anual do indice solarimétrico local.

As médias encontradas foram

  • 3,96 kWh/m².dia.
  • 4,21 kWh/m².dia.
  • 4,13 kWh/m².dia.

Neste caso, sempre assumimos a pior média entre as 3 opções, ou seja coincidentemente, para a cidade de São Paulo, teremos como pior média a própria cidade de São Paulo, ou seja o Índice solarimétrico de 3,96 kWh/m².dia.

Mas não paramos neste ponto! Este índice serve como parâmetro para caso os painéis seja instalados em plano inclinado igual a zero graus (plano horizontal).

Terceiro Passo: Interpretação dos Resultados Secundários

Se continuarmos rolando a página abaixo, veremos em detalhes o índice solarimétrico das 3 cidades, conforme plano de inclinação dos painéis. No nosso caso para a cidade de São Paulo temos:

indice solarimétrico no plano inclinado

Qual das 4 opções escolher?

Simples, escolha o índice solarimétrico que apresenta a “Maior média anual”, ou seja 4,15 kWh/m².dia com um painel inclinado em 21ºN (vinte e um graus de inclinação, voltados para a face norte geográfico do planeta)

Importante: O norte geográfico não é o norte magnético da Bussola!

Para projetos Off-Grid, devemos escolher a linha com “Maior mínimo mensal”, neste caso não trabalharíamos com a média anual, mas sim com o valor do pior mês desta linha, ou seja, seria atribuído como índice solarimétrico para dimensionamento do projeto o valor de 3,86 kWh/m².dia (mês “Outubro”, linha “maior mínimo mensal” ).

Pronto, descobrimos seu índice solarimétrico!

Quarto Passo: Análise Final

  • Para um projeto Grid-Tied temos: 4,15 kWh/m².dia
  • Para um projeto Off-Grid temos: 3,86 kWh/m².dia

 

Índice Solarimétrico do local: Saiba tudo sobre Índice Solarimétrico no Site oficial da CRESESB: Clique aqui

 

Gostou desta explicação? Deixe seu comentário em nosso Blog.

Procure mais informações em nosso site!

Você também pode fazer um de nossos cursos e saber tudo sobre Energia Solar Fotovoltaica e Energia Renovável.

Equipe AtomRA Engenharia em Energia Renovável.

5 thoughts on “Descubra o Índice Solarimétrico do local do seu projeto”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *